top of page

Rinite: é possível prevenir e tratar com Naturopatia


A Rinite alérgica é um distúrbio inflamatório muito comum do trato respiratório superior e afeta em torno de 20% a 25% da população mundial.

Trata-se de doença nasal sintomática originária também de processo inflamatório mediado por imunoglobulina (proteínas vitais que circulam no sangue e influenciam o equilíbrio do nosso sistema imunológico).

Os sintomas mais comuns de Rinite costumam ser: coriza, congestão nasal e gotejamento pós-nasal.

Os alérgenos (produtos, substâncias ou ingredientes capazes de causar reações graves em pessoas suscetíveis imunologicamente, causando alergias como ácaros, látex, fungos e também alterações de clima, poluentes, etc.) costuma ser a causa mais comum a rinite alérgica.

Porém, a rinite também pode ser produto de infecções virais, bacterianas ou fúngicas, assim como da inalação de irritantes respiratórios ou até de fatores hormonais.


Algumas ações naturais que contribuem no tratamento de Rinite:

- Irrigar o nariz com solução salina para limpar as vias nasais e aliviar congestão.

- Inalar vapor

- Consumir infusão ("chá") de gengibre que possui propriedades anti-inflamatórias

- Utilizar óleo essencial de eucalipto (anti-inflamatório e descongestionante). Basta adicionar poucas gotas do óleo em água quente e respirar o vapor por alguns minutos ou inalar o óleo diretamente nas narinas.

- Alimentação rica em vitaminas e minerais para fortalecer sistema imunológico. Evitar alimentos processados, açúcares e laticínios.

Entretanto, é fundamental o autoconhecimento e compreender que nosso corpo somatiza (questões emocionais afetam nosso corpo) também.

Pela "metafísica da saúde" é a postura da pessoa que determina a saúde do corpo e o desencadeamento de doenças que afetam o organismo.


A Rinite está relacionada com o fato da pessoa se abalar pelo ambiente em que vive, com fácil irritação por qualquer fato à sua volta, em especial com a forma de os outros pensarem e agirem. Podem também se sentir culpados por tudo que ocorre ao seu redor e geralmente não expressam o que sentem.

Além da Fitoterapia e da Aromaterapia, a Terapia Floral é muito eficaz no tratamento "das causas" como auto cobrança, rigidez consigo e com o outro, medos, angústias, ansiedades, preocupações e irritação constante.

Tratar o emocional é fundamental. Não basta tratar sintomas, mas também a causa dos desequilíbrios.

Importante lembrar que tratamentos naturais pedem acompanhamento profissional e em algumas situações requerem também o tratamento médico convencional.


Fontes de referência:

Revista Portuguesa de Pneumologia ISSN: 0873-2159 Sociedade Portuguesa de Pneumologia Portugal

Metafísica da Saúde, vol 1 Valcapelli e Gasparetto. Ed Vida e Consciência

Parte autoral


Texto: Fernanda Ornelas. Fernanda é Membro da Comunidade Brasileira de Naturopatia e do Comitê de Saúde. Dedica-se à prática clínica e estudo da Naturopatia.

Revisão técnica: Chris Buarque

Revisão geral: Cláudia Lopes


Comentários


bottom of page