top of page

Tireoide e emoções à flor da pele


A tireoide, pequena glândula em nosso pescoço, desempenha um papel fundamental em nossa saúde e bem-estar emocional. Sua principal função é regular o metabolismo do corpo, mas sua influência se estende muito além disso e age diretamente sobre nossas emoções quando não está funcionando adequadamente.

Esta glândula é vital e regula o funcionamento do coração, cérebro, fígado e rins.

Quando a tireoide opera de forma excessiva, ocorre o hipertireoidismo, e no sentido oposto, em déficit, temos o hipotireoidismo. Ambas condições podem causar impacto e transtornos significativos em nosso humor e controle emocional, mesmo que os sintomas não sejam imediatamente notados ou detectados.

A conexão entre a tireoide e as emoções é complexa. Pequenas variações nos níveis hormonais podem afetar nosso humor de maneira sutil, levando a sentimentos de tristeza, irritabilidade e até mesmo depressão.

Estudos mostram que mais de 50% da população experimenta nódulos na tireoide em algum momento da vida, mas isso não significa necessariamente câncer (ref 1). No entanto, problemas na tireoide podem causar uma série de sintomas que afetam diretamente nossas emoções, como dores musculares, fraqueza, pele seca, alterações no ciclo menstrual e até mesmo perda de libido.

A relação entre a tireoide e as emoções também é evidente em casos de hipotireoidismo, que resulta em sintomas como intolerância ao frio, inchaço, ganho de peso, depressão e fadiga extrema. O hipotireoidismo pode até contribuir para problemas digestivos como a esteatose hepática, devido à sua influência na motilidade intestinal.

No outro extremo, o hipertireoidismo traz sintomas como irritabilidade, insônia, perda de peso, tremores e fraqueza muscular. Isso ocorre porque a tireoide hiperativa está acelerando todo o funcionamento do corpo, afetando nossos sistemas nervosos e emocionais.


Mas como a tireoide se conecta às emoções? Ela não age sozinha. A produção adequada de hormônios tireoidianos depende de outros nutrientes, como a vitamina D, Selênio, Cobre e Zinco. A falta de vitamina D, por exemplo, pode afetar a eficácia dos hormônios tireoidianos em nossas células, o que pode impactar nosso humor e bem-estar geral.

A tireoide é uma “mediadora” entre os conteúdos internos para os externos, segundo o cromoterapeuta e escritor Valcapelli. Se há dissonância entre nosso pensar, idealizar e o executar, contenções são acumuladas, muito mais frequentemente em mulheres. Executar mais, superar barreiras são atitudes liberadoras que podem aliviar o aspecto energético do funcionamento desta glândula.

Na Reflexologia, a área reflexa da tireoide está localizada nos pés, abaixo do Hálux. Quando essa área dói, pode ser um sinal de insegurança ou medo, especialmente em mulheres. Estimular essa região pode ajudar a normalizar o metabolismo e aliviar os sentimentos de insegurança.

Em casos de calosidades nessa área reflexa, a referência é em torno da dificuldade em enfrentar situações que envolvem segurança pessoal, financeira, entre outras. A insegurança pode nos impedir de assumir riscos necessários para o nosso crescimento.

Portanto, a tireoide não é apenas uma glândula que regula o metabolismo, mas também desempenha um papel vital em nossas emoções e bem-estar emocional. Cuidar dela, por meio de uma dieta equilibrada, acompanhamento médico regular e técnicas como a Reflexologia, pode contribuir significativamente para nossa saúde mental e física.


Texto de Fernanda Ornelas com colaboração do Reflexoterapeuta Vinicius Macedo.

Fernanda é Naturopata e membro da Comunidade Brasileira de Naturopatia. Dedica-se à atividade clínica e ao estudo contínuo das técnicas terapêuticas.

Revisão técnica: Chris Buarque

Revisão geral: Claudia Lopes


Fontes de referência:

Ref 1.

Erik K Alexander, Edmund S Cibas, Diagnosis of thyroid nodules, The Lancet Diabetes & Endocrinology, Volume 10, Issue 7, 2022, Pages 533-539, ISSN 2213-8587, https://doi.org/10.1016/S2213-8587(22)00101-2. (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2213858722001012)

“Metafísica da Saúde” vol 3,Valcapelli e Gasparetto , Ed Vida e Consciência




Comments


bottom of page